BLUD! #Vampiros #Hóquei #MamãeTemUmLivroReceitas e claro Facebook paranormal!

Read Time:5 Minute, 8 Second

Introdução Introdutória

Recentemente tivemos o lançamento de #BLUD, um game muito lindo no estilo Dungeon Crawler que seria basicamente um game focado em exploração de dungeons, não tem muito segredo, mas a pergunta é, ele é apenas um rostinho bonito ou tem o seu diferencial? Bora ver! Lembrando que essa review só existe graças à nossa parceira do canal, a Nuuvem, que junto ao dev Exit 73 Studios, agradeço pela oportunidade e bora pra review!

#Blud

Primeiramente uma explicação sobre a ideia do jogo, você é Becky Brewster e acabou de chegar em uma nova cidade com seu pai, você precisa fazer novos amigos, começar em uma nova escola e claro ser a principal descendente de uma linhagem lendária de caçadores de vampiros, mortos-vivos e demônios, o básico de toda segunda enquanto ainda precisa cuidar da sua vida nas redes sociais, o que é uma mecânica pouco explorada no game apesar de ser uma das principais. Ele é um Game 2D feito por uma equipe literalmente de ilustradores e animadores 2D o que mostra muito do estado do jogo nessa parte, #BLUD tem alguns pontos fortes e fracos que irei falar mais para frente em suas respectivas partes mas no geral ainda sinto que falta algo no game… bom vamos por partes

Gráficos

Graficamente falando o jogo é lindo, isso é inclusive algo que é muito falado do game de como ele é todo desenhado à mão, ele tem um estilo de arte que lembra muito desenhos antigos como O laboratório de Dexter, Acampamento de Lazlo, As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy e desenhos nesse estilo, é até meio nostálgico jogar isso, você sente que teve um carinho e foco enorme nessa parte o que eu realmente curti, parece que cada capítulo do jogo é literalmente um episódio diferente, problemas leves notados, coisas como as leves o encaixe das imagens não é perfeito mas é algo totalmente relevável pois é apenas em momentos ultra específicos e que só gente idiota como eu iria notar mas no geral animações fluidas em si tanto para combate quanto para tudo, desde você vendo algum NPC fazendo algo no mapa, os monstros, você tirando selfie e as caixas de diálogo, tudo foi feito com muito carinho nessa parte

Trilha Sonora e Sons Gerais

Essa parte também é outra que está impecável, a trilha sonora me lembra muito as de desenhos antigos em específico As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy, eu creio que deve ter tido uma inspiração enorme nesse desenho pois eu notei que até mesmo o estilo de background usado no jogo é igual ao do desenho e as músicas tem esse mesmo sentimento, parece que é algo tirado diretamente do desenho para o jogo, os sons em si eu não notei nada fora da curva, sons de combate no geral são coisas simples e aqui vi que parece que não teve um ultra trabalho e detalhamento igual às outras coisas, mas não é algo que te atrapalha e fez o jogo ser injogável

Primeiro dia de Aula

Como nem tudo são rosas, o jogo realmente tem alguns problemas, em específico o que mais me frustrou foi a parte de combate, como eu comentei anteriormente o jogo em si e é muito fluido na parte de animações gerais… nessa parte pois parece que a movimentação no geral não acompanha isso, por muitas vezes eu me via usando o rolamento, eu claramente na animação de rolamento mas tomava o hit, às vezes os inimigos estavam me dando hit só de eu estar no fim do rolamento sem dar chance de desviar pois você fica alguns milésimos de segundo travado sem poder se movimentar pós rolamento e o que mais me frustrou, você é morto não por cair em buracos, tomar hit de espinhos, monstros e projéteis, mas sim de estar perto deles, eu me vi pelo menos cerca de 10 vezes caindo em buracos que eu estava só próximo e o jogo começou uma animação de queda me fazendo cair em algo que eu não tinha efetivamente tocado para cair, isso frustra justamente por ser um jogo no qual você precisa ser preciso nos movimentos não tendo isso frustra muitas vezes, em contrapartida batalhas de chefe fazem você ser rápido e preciso tendo que rapidamente acertar o alvo em momentos específicos tendo um tempo curto, e eu falo isso vindo diretamente da DLC de Elden Ring e lá eu efetivamente tinha mais tempo para acertar o alvo, deixa de ser algo que seria uma mecânica difícil pra algo forçadamente difícil, o jogo peca apenas nessa parte mecânica em si pois ele tem outras coisas muito boas como a ideia de redes sociais no game e o sistema de selfies mas isso pode ofuscar um pouco a qualidade do jogo, é um defeito arrumável com facilidade mas que pode atrapalhar o game no geral, fora isso não tenho qualquer outra reclamação ou problema aparente, isso mostra que o jogo em si está polido, nenhuma queda de FPS, crash ou coisas do tipo, tudo funcionando perfeitamente

Considerações Finais

#BLUD é um jogo divertido mas que é um pouco arrastado no começo da história, ele é um dungeon crawler no qual foca bem na parte da história do mundo em si, você vai conhecendo aos poucos os amigos e me lembra muito o South Park the Stick of Truth nessa parte de ter um relacionamento nas redes sociais dentro do game e isso ser uma forma de influência por assim dizer, eu não diria que ele é um jogo pra todos, justamente por causa do combate ser cadenciado e pouco frequente, se você é mais da parte de história o jogo vai te encantar mais, já na parte de combate você vai ficar se sentindo que falta isso no jogo e pode ser meio chato para você, pense bem essa parte, em si o game não está caro, mas ele pode compensar mais caso você esteja focado em um jogo mais calmo e focado em história mas é uma recomendação com essas pequenas ressalvas, #BLUD atualmente se encontra disponível para PC via Steam, Nintendo Switch, Xbox One e PS4.

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %

Average Rating

5 Star
0%
4 Star
0%
3 Star
0%
2 Star
0%
1 Star
0%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Elden Ring: Shadows of the erdtree! Kung Fu, uma nova visão do mundo de elden ring e muitas… MUITAS MORTES!
Ragnarock Next post Sexta de Aluguel – Ragnarok Online – PC